jump to navigation

HISTÓRIA DO KARATE WADO-RYU Novembro 6, 2008

Posted by akwado in Karate.
trackback

HISTÓRIA DO KARATE WADO-RYUO estilo de Karate Wado-Ryu, foi fundado pelo mestre japonês Hironori Ohtsuka em 1934, um Budoka altamente talentoso (ver secção de História – Fundador do estilo Wado-Ryu), misturando técnicas de artes marciais como Jiu-Jitsu (sem armas) com a luta difundida pelo mestre Gichin Funakoshi (considerado o pai do Karate moderno e criador do estilo Shotokan).

 

O Wado-Ryu (caminho da paz) está simbolizado por uma pomba, símbolo universal de Harmonia e Paz (ver secção de História – Origem do nome Wado-Ryu).

Apesar de seguir a pratica de Jiu-Jutsu de forma contínua, quase três décadas depois, em 1922, também iniciou a prática de Karate com os Mestres CHOKU MOTOBU, KENWA MABUNI e particularmente com GICHIN FUNAKOSHI, que tempos depois, cerca de 10 anos, percebeu que o Mestre Ohtsuka tinha um estilo bastante diferente do seu, especialmente pela utilização de tarefas de combate livre, para além do treino do Kata e do Kihon instituídos.

O estranho é que quando o Mestre Ohtsuka se converteu um aluno do Mestre Funakoshi já era um prestigiado Mestre de Shindo Yoshin Ryu Jiu-Jutsu.

Mestre Gichin Funakoshi fiel aos princípios tradicionais do treino de karate, Kihon e Kata, não aceitou a visão nova do Mestre Ohtsuka, aconselhando-o por isso, a criar a sua própria escola, como mais tarde veio a acontecer.

Mestre Ohtsuka foi um dos discípulos predilectos do Mestre Funakoshi, pela sua dedicação e constância na aprendizagem do Karate chegando mesmo a ser designado seu assistente, acompanhando-o sempre nas suas demonstrações No entanto, a partir deste momento, Mestre Ohtsuka iniciou o estudo profundo das técnicas do Jiu-Jitsu Tradicional e do Karate de Okinawa, abrindo o seu próprio Dojo em Tokyo com 43 anos, em Maio de 1934, onde veio mais tarde a denominar o estilo Wado-Ryu Karate-do, em 1939.

O estilo Wado-Ryu é um dos quatro estilos de Karate principais reconhecidos pela WKF – World Karate Federation, Wado-Ryu, Shito-Ryu, Goju-Ryu e Shotokan.

De salientar que algumas técnicas de ensino de resistência física e endurecimento de partes do corpo, tais como as mãos, foram banidas no método de ensino do Mestre Ohtsuka, acreditando que tais práticas eram inúteis para a evolução da sociedade. O verdadeiro sentido do treino de Wado-Ryu não passa pelo desenvolvimento do físico como preparação do corpo “agressivo”, mas sim no aperfeiçoamento e desenvolvimento da mente, originando tranquilidade e paz, reagindo com clareza e sem hesitações perante situações de conflito.

Para o Mestre Ohtsuka o Karate era essencialmente uma disciplina espiritual, onde procurava o equilíbrio das suas acções humanas, eliminando actos discriminatórios e violentos. Para ele a combinação “TEN to CHI to JIN no RI-DO ni WA suru” (ver secção de História – Origem do nome Wado-Ryu), é uma união harmoniosa a ser respeitada de forma incansável.

No ensino das Artes Marciais não desenvolvemos nenhuma técnica violenta, mas sim a paz e a harmonia, cultivando um corpo saudável e uma inteligência elevada para compreender este ideal de paz e harmonia necessário em todo o mundo.

Princípios do Mestre Ohtsuka:

“O caminho ou o fim da prática das Artes Marciais não é a luta, mas a procura do caminho da paz e da harmonia interior de cada um.”

“O diálogo é o melhor meio para solucionar os problemas, ainda que leve dias, meses ou anos.”

“O que se ganha pela força perde-se rapidamente, o que se ganha pela razão dura para sempre.”

“O caminho das Artes Marciais não se segue por uma razão qualquer. Segue-se para ser Mestre da Paz e desejar a Harmonia.”

“As das Artes Marciais são como o cosmos, infinitas. Temos que aprender a saber que não existem limites.”

Mestre Ohtsuka foi e é ainda hoje, recordado como um dos melhores Mestre de todos os tempos no Karate, sua pureza técnica era soberba, um “Expert” da modalidade. Dizem os seus sucessores que vivia absorvido pelo verdadeiro espírito de Budo: A PAZ, homem espiritual, bondoso, sábio, prudente, amigo, simples e sincero, chegando mesmo a ser galardoado pelo Governo Japonês com a medalha SHIJU HOOSHO, pela sua dedicação em prol do Karate e da vida, sendo o único Mestre da história do Karate mundial a receber tamanha distinção.

Também lhe foi atribuído o título de MEIJIN o mais prestigiante título possível de alcançar da família japonesa Imperial. Dentro dos Mestre com a graduação de 10º Dan, ele foi o primeiro Japonês (não Okinawense) a criar um estilo de Karate com espírito Budo Japonês, criando uma genuína Arte Marcial Japonesa.

Impressionantemente conseguiu viajar por todo mundo até aos 88 anos, onde promoveu e desenvolveu cursos e demonstrações de Karate Wado-Ryu, faleceu aos 90 anos envolvido por essa “ligação” espiritual que levará o Homem à Paz e à Harmonia interior, e cujo resultado é a FELICIDADE. Mestre Ohtsuka dedicou cerca de 84 anos ao estudo das Artes Marciais, 60 dos quais ao Karate!

É actualmente um dos estilos de Karate mais difundidos no mundo, embora no nosso país não esteja muito desenvolvido.

SUCESSOR DE HIRONORI OHTSUKA

Mestre Ohtsuka faleceu em 1982 e muitos aguardavam “ansiosamente” o sucessor do Grande Mestre na organização e estilo Wado-Ryu.

Todos foram testemunhas de que Mestre Ohtsuka sempre respeitou a habilidade e a lealdade do Mestre Tatsuo Suzuki, escolhendo-o para demonstrar e difundir as técnicas do Wado-Ryu em Estágios e demonstrações pelo mundo.

Antes da morte do Mestre Ohtsuka, em 1982, houve várias reuniões onde o grande mestre deixou claro o desejo de ter o Mestre Tatsuo Suzuki como seu sucessor. Apesar desta posição, Mestre Suzuki timidamente recusou aceitar tal distinção e honra, propondo que fosse o seu filho Mestre Jiro Ohtsuka a merecer o título de Grande Mestre, historicamente uma tradição familiar japonesa. Contudo, em 1989, Mestre Jiro Ohtsuka altera o seu nome para Hironori Ohtsuka II, sendo actualmente o Instrutor-Chefe da Wado-Ryu Karate-do Academia.

Com diferenças nas interpretações deste e de outros factos no seio do estilo Wado-Ryu, Mestre Tatsuo Suzuki criou em 1989, a WIKF – Wado International Karate-do Federation (ver secção de link – http://www.wikf.com), no propósito de manter a essência pura do estilo Wado-Ryu transmitido desde sempre pelo Mestre Hironori Ohtsuka.

O Mestre Tatsuo Suzuki nasceu em Yokohama, Japão, em 27 de Abril de 1928. Iniciou a prática do Karate aos 14 anos com o Grande Mestre Hironori Ohtsuka. Com apenas 19 anos foi graduado em 3º Dan e aos 24 anos foi condecorado com a mais alta graduação no estilo Wado-Ryu, 5º Dan pelo Mestre Ohtsuka.

Licenciado em Economia pela Universidade do Japão, treinou com o Mestre Ohtsuka de 1945 a 1956. Como aluno mais graduado e leal aos seus princípios começou a viajar com ele para ensinar e difundir a pratica do estilo Wado-Ryu. De 1956 a 1964 foi o instrutor chefe da região de Tokai no Japão, viajando para a cidade de Hamamatsu, onde ensinou em diversos Clubes e Universidades.

Em 1963 recebeu convites da Europa e dos Estados Unidos da América para realizar Estágios e demonstrações do estilo, tendo em Janeiro de 1965 fundado a primeira Federação de Wado-Ryu em Inglaterra, onde se viria a radicar até aos dias de hoje.

A partir de Londres difundiu o estilo por todo o mundo, convidou vários alunos avançados do Japão e ensinou-lhes a ser instrutores propondo-lhes o ensino da modalidade e do estilo em diferentes países.

Mestre Tatsuo Suzuki aos 45 anos, foi distinguido com a taça de prata por HagashiKuni, Tio do Imperador do Japão. Em 1975 recebeu a graduação de 8º Dan a mais alta graduação no estilo até então da Federação de Associações Japonesas de Karate-do Organizada (FAJKO). No mesmo ano recebeu o título de HANSHI outorgado pelo Imperador Hagashikuni, na altura um título que só o Mestre Ohtsuka detinha no estilo Wado-Ryu.

Mestre Suzuki é também 2º Dan de Tenshin Koryu Bo-Jitsu e 1º Dan de Judo.

Neste momento Mestre Suzuki mantém a graduação de 8º Dan, Hanshi, há 31 anos, respeitando fielmente os princípios recebidos pelo Mestre Ohtsuka.

Actualmente com 78 anos de idade Mestre Suzuki é uma referência na modalidade e no estilo para milhões de praticantes, é o Instrutor-Chefe mundial da WIKF – Wado International Karate-do Federation, continuando a praticar Karate Wado-Ryu regularmente e a visitar anualmente diferentes países pelo mundo inteiro. (ver secção de História – Director Técnico Internacional).

“A criação da WIKF – Wado International Karate-do Federation pretende manter a originalidade do ensino do Karate Wado-Ryu, não permitindo que o mesmo seja modificado.”

“Pratico o Wado-Ryu original como me foi ensinado pelo Mestre Ohtsuka, e sempre o transmiti e transmitirei como é meu dever enquanto, HANSHI.”

KARATE WADO-RYU – EFICAZ E DIFÍCIL

Tecnicamente o estilo Wado-Ryu caracteriza-se por movimentos curtos e de extrema precisão, que junto com técnicas de rotação de todo o corpo e projecção, que Mestre Ohtsuka introduziu do Jiu-Jutsu, faz deste estilo uma prática muito eficaz e objectiva, embora de aquisição e domínio extremamente difícil. Efectivamente, o estilo Wado-Ryu inclui diferentes acções motoras em tarefas similares, o que complica ao princípio o processo de ensino-aprendizagem, no qual através da repetição e continuidade se torna muito mais completo e perfeito a longo prazo.

Existem posições clássicas e exclusivas do estilo Wado-Ryu como por exemplo: MAHAMI NO HEKO DASHI, TATE SEISHAN DASHI, YOKO TATE SEISHAN DASHI, JUNZUKI DASHI, GYAKUZUKI DASHI, JUNZUKI NO TSUKOMI DASHI, GYAKUZUKI NO TSUKOMI DASHI, e NAIFANCHI DASHI (ainda que esta última venha do estilo Shorin Ryu), e claro, ter notáveis diferenças nas restantes posições relativamente a outros estilos, como por exemplo, a perna da frente totalmente estendida na posição de KOKUTSU DASHI, 3 variantes de HEKO DASHI, etc.

Globalmente as posições do estilo Wado-Ryu usam o centro de gravidade mais alto (cintura pélvica), utilizando um menor polígono de sustentação (diferença entre os apoios) ao contrário dos estilos da forma SHURI a que pertence (ver secção de História – História do Karate-do).

Desta forma os deslocamentos e esquivas são mais rápidos, fluidos e cómodos, sem recorrer à utilização de grande força, procurando aliás, aproveitar a força do adversário para acções motoras de contra-ataque que geralmente acontece simultaneamente, como por exemplo, Nagashi Tsuki.

Assim, o estilo Wado-Ryu diferencia-se dos demais pela utilização de técnicas de esquiva (tai-sabaki e nagashi) e projecção (muito comuns no Judo, no Aikido e no Jiu-Jitsu). Estilo natural, fluido, estético, cujos movimentos respeitam as características naturais do corpo humano.

Na prática do Karate Wado-Ryu, as técnicas de defesa (ukewaza) são significativamente baseadas na esquiva e na movimentação da cintura pélvica, em detrimento das acções motoras defensivas bloqueadoras normalmente realizados com os membros superiores e na direcção oposta ao ataque do adversário. Por outro lado, a fase ofensiva (ataque) é realizada quase simultaneamente à defesa, com o objectivo de aproveitar ao máximo a força imprimida pelo adversário na acção motora envolvida.

Um dos princípios do Wado-Ryu é obter o máximo de eficiência com o mínimo gasto de energia.

Anúncios

Comentários»

1. Sabias que… « Denúncia Coimbrã - Novembro 12, 2008

[…] foi inventada por um dentista? Fica então a saber que preferimos os conselhos sábios do Mestre Ohtsuka “O que se ganha pela força perde-se rapidamente, o que se ganha pela razão dura para […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: